Nosso cérebro produz impulsos elétricos nos dois hemisférios cerebrais: direito e esquerdo. Os dois hemisférios colaboram nas funções lógicas, matemáticas, síntese, percepções concretas e abstratas, simbólicas e percepção do todo e das partes. Hoje já se sabe que não há uma separação exata das funções para todas as pessoas como se pensavam os cientistas e neurocientista a pouco tempo atrás. O que importa é que eles se comunicam através do corpo caloso, uma estrutura que conecta os dois hemisférios cerebrais. Ambos os hemisférios são criativos, apenas funcionam de forma diferente e complementar.

Os impulsos elétricos produzidos ocorrem ao mesmo tempo e são medidos de duas formas: pela frequência, que significa a velocidade da emissão dos impulsos por segundo; e pela amplitude que é o poder da emissão dos impulsos (medidos em microvolts).

A frequência da onda cerebral determina o tipo de onda cerebral. Existem quatro categorias de onda: Beta, Alfa, Theta e Delta. A combinação dessas categorias determina configura o estado de consciência seja ele Os estados de consciência são: desperto ou vigília, no qual a consciente fica ativa e a mente inconsciente processa seus conteúdos mesmo sem ser percebida, e a mente subconsciente ativa seus conteúdos disponíveis se necessário for acessa-los. Nesse estado de consciência a frequência Beta é a predominante. Estado sonhar acordado, estado mental que relaxamos, sonhamos acordado, geralmente em exercícios de relaxamento ou mesmo quando em contato com a estimulação sensorial e imaginação. Nesse estado a frequência de onda cerebral Alfa é em predominante. Estado de consciência de sonho, esse é um estado que a mente consciente se recolhe para a origem, a mente inconsciente permanece ativa, junto com os registro de conteúdos do subconsciente, nesse estado a frequência de onda Theta é a mais predominante, com oscilações de onda Alfa e Delta, no qual alcançamos um relaxamento profundo. No estágio seguinte e ulterior ocorre o que denomina-se de estado Rem ou sono profundo, com frequências de categoria Delta.

Onda cerebral Beta são frequências de ondas rápidas que tem uma amplitude entre 14-38 ciclos por segundo. Essa é a frequência do nossos impulsos elétricos enquanto estamos pensando, lendo, resolvendo questões cotidianas.

Onda cerebral Gama são frequências extremamente rápidas e são acionadas quando funções cerebrais complexas são ativadas e a frequência dessa categoria vai de 38-100 ciclos por segundo. Parece que essa frequência de onda cerebral quando ativada modula todo o cérebro, estão relacionadas em pesquisas com monges budistas em meditação com a habilidade de alto desempenho na solução de problemas, compaixão, autocontrole e inteligência, parece que também regula o processamento da memória.

Onda cerebral Alfa Nessa categoria de onda cerebral o alcance fica entre 9-14 ciclos por segundos, sendo caracterizada pelo estado de relaxamento, de uma consciência de distanciamento. Alfa pode ocorrer assistindo TV, imaginado algum evento futuro, ou mesmo sonhando acordado com um encontro amoroso. Alfa é uma frequência bastante importante porque é a ponte entre a mente consciente e a mente subconsciente. Com a frequência alfa estruturada podemos ter sonhos vividos e lembrar deles com clareza. A capacidade de acessar um poder de saber algo, captar pelos 5 sentidos, olfato, visão, audição, paladar e sensação nos dá acesso as informações do nosso mundo subconsciente.

Onda cerebral Theta é a categoria de onda que alcança de 8-4 ciclos por segundo e é a mente subconsciente, quando associado a Alfa e Beta abre o portal para a criatividade, senso de conexão espiritual, para os conteúdos subconscientes e inconscientes quando associados com a frequência de onda cerebral Delta. Quando a atividade cerebral possui predomínio na categoria Theta as meditações se tornam profundas e é possível acessar insights.
Onda cerebral Delta Essa é a categoria de onda com mais baixo alcance 4- ciclos por segundo. Essa é a categoria de onda da mente inconsciente, também da consciência cósmica. Nessa frequência acessamos o “inconsciente coletivo”. Em Delta acessamos nossa profunda intuição, a verdadeira empatia com todos os seres. A atividade de Delta é encontrado em quase todos os curadores, terapeutas.

Theta é uma frequência de profundo relaxamento, o mesmo usado em hipnose para acessar bloqueios inconscientes. Essa é a frequências dos impulsos elétricos que podemos acessar os conteúdos e sensações subconscientes de traumas, situações diversas positivas ou negativas que ficaram registradas em nossos self. As memórias positivas ou negativas ficam armazenadas nessa frequência e podem ser acessados pela prática de meditações ou em visualizações meditativas como a que é usada na meditação que Vianna Stibal criadora do Thetahealing. Acessar Theta em estado consciente é como abrir as portas dos céus e dialogar diretamente com Deus. Para Vianna, quando visualizamos nossa consciência acima da sua cabeça, ou seja, quando projetamos nossa consciência para cima da nossa cabeça como uma oração focada em Deus, realmente nossa frequência cerebral modifica e ficamos em contato direto com Deus pela ativação da frequência Theta que é instantânea nesse momento de projeção. Orar para Deus centrado no coração de fato nos conecta com a Fonte.

Em processos de cura profunda como ocorre durante alguns processos terapêuticos ocorre a combinação das categorias de onda Theta e Delta. O que ocorre nesse momento é uma experiência metafísica, espiritual é como se todo o Universo conspirasse a favor da cura, seja ela física ou emocional. É realmente uma experiência emocionante para ambos terapeuta e praticante participar dessa experiência espontânea de cura. Particularmente já experimentei processos de cura incríveis com thetahealing, tanto como praticante, como instrutora e paciente. Durante algum tempo me perguntei porque algumas sessões eram assim e outras não tanto e descobri que quanto menos nosso está presente, seja porque deixamos nossas expectativas de lado ou porque estamos profundamente conectados na Fonte maiores as probabilidades desses momentos mágicos de cura ocorrerem.

Também através da criatividade, arte criativa nos conectamos com Deus, nossa frequência cerebral entra em atividade Theta que é a atividade de profundo relaxamento e cura.

Nossa primeira experiência com Deus acontece quando acessamos a verdade sobre nossa interdependência e perdemos a ilusão sobre a separatividade. A meditação do Thetahealing criada por Vianna debloqueia a mente e conecta nossa consciência ao Criador de Tudo O Que É, que está em nós e em todos os seres. A experiência de “religare” ou de desbloquear a experiência de separação nos dá acesso ao nosso verdadeiro papel nesse planeta e nesse universo como parte de Tudo O Que É. Compreenderemos que Deus está em cada átomo em cada ser vivo e na natureza.

Cria é honrar o divino em nós, é dar espaço para que os nossos dons sejam revelados. Somos criaturas únicas com talentos únicos nessa rede de interdependência. O ato de criar nos conecta com Deus, porque somos criaturas em processo de co-criação divina. Quando estamos em conexão com a Fonte ou em Theta também estamos em contato com nosso código de alm. A medida que vamos liberando nossos crenças limitantes também liberamos nosso potencial divino, a cada vez que libero medos, apego, ressentimentos, julgamentos, libero espaços internos para o vazio criativo.

Veja Também