Meu nome é Katia C Miguel Larsen. Me formei aos 22 anos em psicologia pela UFRJ, uma escolha baseada no anseio de querer conhecer a Alma humana e seus mecanismos, mas sobretudo, de como poder ajudar na cura das dores e aflições humanas. Paralelo a esse anseio eu nutria, desde tenra idade, o desejo de lecionar (minha brincadeira predileta era dar aula para as minhas bonecas).

Ao concluir minha formação eu não me sentia preparada para assumir a clínica, tendo então, optado pela área de Recursos Humanos. Trabalhei por doze anos em empresas com Treinamento Gerencial, Recrutamento -Seleção de pessoal e mais tarde com dinâmicas de grupo, experiencia essa muito enriquecedora pela oportunidade de poder lidar com pessoas das mais diferentes classes e formações, e mais ainda, conhecer de modo pratico a diversidade e a complexidade humana. Como psicóloga eu também exercia um papel terapêutico para os funcionários que buscavam apoio e aconselhamento, ou seja, clinicava. Ainda que bem-sucedida ao longo eu sabia que havia chegado o momento de dar outro rumo a minha carreira, pois naquela altura eu me sentia mais amadurecida, preparada e segura para assumir a clínica.

Meu percurso na área clinica foi bastante diversificado, sempre permeado por um tom Holístico devido ao meu interesse, desde jovem, pela espiritualidade. Sou de origem mineira e filha de pais com clarividência bastante acentuada, portanto, assuntos e temas relacionados sempre estiveram me rondando e me instigando. Com a maestria que apenas o tempo fornece, pude compreender que espiritualidade é acima de tudo a relação plena e consciente com as muitas camadas e aspectos da vida, um estado natural da Alma e que pode ser acessado pelos meios adequados.

Fiz inúmeras formações terapêuticas com a intenção de encontrar técnicas e ferramentas que suprissem as lacunas deixadas pelos métodos terapêuticos tradicionais. Sempre acreditei na existência de práticas que atuassem de modo mais rápido na resolução de questões psíquicas e por efeito, no sofrimento. Assim, durante minha jornada fiz formações corporais, Constelação Familiar, Cura Prânica, Arteterapia, Florais entre tantas outras formações que coloriam cada vez mais minha prática terapêutica de forma diferenciada e efetiva.

Seguindo meu sonho de lecionar, decidi fazer um mestrado em Boston, EUA, cidade pela qual nutro um carinho especial e que serviu de lar para minha família por três anos. Lá estabelecida me graduei em Terapia Holística pela Lesley University . Posteriormente e já de volta ao Brasil fiz outro Mestrado pela UCP (Universidade Católica de Petrópolis) em Cognição Social. Ainda em Boston trabalhei com grupos clínicos de apoio para a Terceira Idade empregando arteterapia e meditação.

Durante o tempo que permaneci em Boston também tive a oportunidade de conhecer o trabalho de Ken Wilber , pensador e escritor que desenvolveu a Teoria Integral. A imersão no seu trabalho, em especial no modelo denominado AQUAL me abriu a visão de como tudo se encaixa no Universo de um modo extremamente coerente. Na sequência tive a oportunidade de ser apresentada a Anna Wise, uma mestra em ondas cerebrais que me treinou e me ensinou tudo sobre as ondas Theta e o inconsciente humano. Na ocasião adquiri o “Mind Mirror”, um equipamento que permite observar a dinâmica das ondas cerebrais e que me serviu de ferramenta para comprovar a eficácia das meditações e das práticas que conduzem ao estado Theta(o mesmo estado da Hipnose).

Seis anos após o contato com a Anna WIse conheci o Thetahealing, sistema de cura e autoconhecimento desenvolvido por Vianna Stibal e também baseado no acesso às ondas Theta. E foi através desse sistema que iniciei uma nova etapa na minha jornada como terapeuta e como ser humano, tamanho o horizonte de experiencias profundamente transformadoras proporcionadas pela sua prática. Através do TH pude saber vivencialmente o que é estar unida com o Todo da Vida e do Universo. Vivenciei a experiência com Uma Fonte Criadora de Tudo O Que É.

Em uma manhã de 2015 acordei com o nome Thetaconsciencia em minha mente. Após meditar sobre a revelação dessa palavra, entendi que essa seria a identidade do meu trabalho, incluindo o Thetahealing. Com o passar do tempo fui compreendendo a força desse nome e o que ele representa:

É a consciência que integra a personalidade com a alma, a consciência da unidade cósmica que honra a verdade, a beleza e a bondade em tudo. Theta é a letra grega que remete Theos, O Criador de todas as coisas. Quando ouço e pronuncio a palavra Thetaconsciencia é como um mantra que evoca e plasma a totalidade da Vida Divina possível de ser acessada e manifestada.

Veja Também